Curiosidades

Alho Negro

Presto lança tendência e conquista os clientes

A Presto foi a primeira casa a utilizar o Alho Negro em pizzas, quando lançou, em 2010, a Nero da Presto. Lançou tendência. Os clientes amaram e, hoje, diversas pizzarias contam com o ingrediente em suas redondas.

Embora seja utilizado há séculos na culinária oriental, o soberbo Alho Negro só chegou às mesas do ocidente em 2007, quando o festejado Ferran Adriá incluiu a iguaria em suas receitas requintadas.

Pouco tempo depois, a culinarista Marisa Ono começa a produzir o exótico Alho Negro no Brasil, reproduzindo o processo de fermentação e envelhecimento de cabeças de alho comum que o tornam macio, adocicado e escuro. Hoje existem novos produtores brasileiros, como a casa de Especiarias Rossi.

Além do paladar que conquistou o mundo, o Alho Negro é rico em antioxidantes, contém vitaminas A, B2, B6 e C, iodo e sais minerais, possui propriedades anticancerígenas e é considerado um alimento funcional por auxiliar no combate ao colesterol e a doenças cardiovasculares.

Embutidos Artesanais

Mais sabor e menos química com exclusividade para a Família Presto

A produção de embutidos caseiros está cada vez mais distante da vida das pessoas, entregues à comodidade de encontrar esses produtos ao alcance da mão nos supermercados.

Na contramão dessa tendência à comodidade, algumas pessoas resolvem se dedicar à pesquisa e à elaboração de produtos caseiros, feitos sob medida para o gosto da família. Esse é o caso do empresário José Roberto da Silva.

Há dez anos, apaixonado por embutidos e insatisfeito com a baixa qualidade dos produtos industrializados disponíveis no Brasil, ele decidiu dedicar seu tempo livre à produção de lingüiças, paios, salames, copas e alheiras artesanais, que fornece exclusivamente para a Família Presto. Sorte nossa!